• Telefone: 16 3797-8000 | 16 3635-8032
21/02/2018
Imagem retirada de https://www.sienge.com.br/blog/seguranca-do-trabalho-na-construcao-civil/ Imagem retirada de https://www.sienge.com.br/blog/seguranca-do-trabalho-na-construcao-civil/

A Medicina Ocupacional é a modalidade que persegue a manutenção da salubridade e da higiene no ambiente de trabalho. Suas principais funções são o acompanhamento e fiscalização de condições às quais o empregado está exposto, seja de cunho físico ou psicológico.

“Toda empresa precisa fornecer (obrigatoriamente) equipamentos de proteção aos seus funcionários para realização de suas tarefas com segurança.

Evitar acidentes de trabalho não é uma tarefa fácil, afinal ficamos sujeitos a tudo. Por isso, algumas medidas podem ser tomadas para a preservação e a manutenção da segurança. A medicina Ocupacional, entre outras dicas que separamos, são fortes aliadas para ajudar na prevenção de cada indivíduo.

Funções principais da Medicina Ocupacional :
A Medicina Ocupacional é a modalidade que persegue a manutenção da salubridade e da higiene no ambiente de trabalho. Suas principais funções são o acompanhamento e fiscalização de condições às quais o empregado está exposto, seja de cunho físico ou psicológico.

O trabalho é feito através de uma equipe multidisciplinar de médicos, fonoaudiólogos, enfermeiros, técnicos, auxiliares, entre outros, que são responsáveis por todo projeto que será implantado e mantido, com o interesse de desenvolver melhores condições possíveis para cada trabalho.

A conscientização:
A segurança do trabalho é funcional em uma empresa quando adota uma abordagem clara e tocante aos riscos, e através de medidas que deverão ser adotadas por todos. Por isso, a conscientização é fundamental.

É necessário que os empregadores informem os trabalhadores de forma consistente e eficaz dos riscos ambientais que possam surgir no local de trabalho. E, também sobre os meios apropriados para prevenção e combate desses riscos, ensinando-lhes alternativas para que os protejam.

Existem muitas maneiras de conscientização assertiva, como palestras DDS (Diálogo Diário de Segurança), SIPAT - Semana Interna de Prevenção de Acidente de Trabalho (obrigatória), reuniões, placas sinalizando perigos e cuidados, mapas de riscos e outros meios de comunicação visual.

Equipamentos de proteção:
Toda empresa precisa fornecer (obrigatoriamente) equipamentos de proteção aos seus funcionários para realização de suas tarefas com segurança. E, assim que os empregados se apropriam de todos os equipamentos eles precisam utilizá-los sempre, zelando pela integridade dos mesmos.

Com essas dicas fica claro que adotar a Medicina Ocupacional e alguns métodos para a segurança no trabalho é vital para a saúde e bem-estar dos funcionários e preservação de suas vidas. Automaticamente, também protegem as empresas de sofrerem taxas de indenizações, gastos com tratamentos médicos e afastamento de seus trabalhadores.

fonte: Segs

Lorem Ipsum