• Telefone: 16 3797-8000 | 16 3635-8032
06/06/2019
Imagem meramente ilustrativa Imagem meramente ilustrativa

Seja lá o ambiente ou atividade de trabalho que proporcione qualquer tipo de risco a segurança do profissional, o uso obrigatório de EPIs é uma condição inegociável. Dentre os equipamentos mais comumente utilizados, a bota de segurança se apresenta como um dos itens mais importantes, agindo na proteção dos pés contra inúmeros riscos em diversos tipos de atividade.

Mais do que segurança do trabalho, as botinas de segurança são também símbolo de eficiência e conforto, oferecendo um suporte importante para execução de tarefas na construção civil, hospitais entre outros. E desta forma, se mostra um item essencial para a rotina profissional do colaborador.

Benefícios na utilização
Assim como os outros equipamentos de proteção individual, importante deixar claro que o fornecimento das botas de segurança é de responsabilidade da empresa contratante, que deve se certificar de que está seguindo as métricas exigidas pelas normas regulamentadoras. Já o funcionário, deve sempre se preocupar em garantir a entrega e uso do equipamento dentro de padrões de qualidade aceitáveis.

Auxiliando trabalhadores de diversos segmentos, calçados profissionais desse tipo agregam principalmente ao dia a dia de quem exerce função em cozinhas industriais, construção civil entre outros setores da indústria e área da saúde. Dentre seus principais benefícios, estão:

- Proteção contra impactos (quedas de objetos, choque com máquinas etc.);
- Proteção de pés e de pernas contra umidade (atividades debaixo de chuva, áreas alagadas etc.);
- Proteção contra respingos e contato direto com produtos químicos (áreas com potencial de exposição química, contato com material tóxico etc.);
- Proteção contra choques elétricos (profissionais eletricistas);
- Entre outros.

Tipos de bota
No entanto, vale dizer que para cada um dos respectivos segmentos, é necessário identificar o modelo de bota profissional ideal para ser utilizado pelo colaborador. Desta forma, é possível dividir as botas, em três principais categorias. São elas:

Botinas de couro
Estas, se caracterizam principalmente por oferecer uma rigidez maior. Botinas de couro são indicadas para atividades em obras, oficinas e mecânicas, oferecendo maior proteção durante o expediente. Uma de suas principais características, dá-se ao fato de que o couro prolonga a consistência e vida útil do equipamento por mais tempo, o que promove um ganho considerável na relação custo-benefício e garante maior proteção.

Botas de PVC
Já as botinas em PVC, são mais indicadas para proteção contra riscos considerados mais "leves". Para profissionais de jardinagem, marcenaria entre outros, este tipo de modelo se mostra a escolha mais eficiente, mantendo o conforto e mobilidade do profissional para exercer o seu trabalho.

Bota de borracha
Por fim, as botas de borracha se caracterizam por oferecer a melhor assistência para atividades de limpeza em geral, cozinha e muitas outras. Os modelos disponíveis nesse tipo de material são os mais flexíveis entre todas as opções, sendo essencial na proteção do trabalhador contra umidade, fungos e bactérias.

fonte: Terra

Lorem Ipsum

Whatsapp